» Lugar
Español English Português

A Faculdade Nacional de Direito é originária de uma fusão de duas das primeiras faculdades (de direito) fundadas no Brasil e situa-se, desde 1920, em um prédio histórico chamado Palácio do Conde dos Arcos, localizado no Centro do Rio de Janeiro, em frente a um parque que é chamado por dois nomes: Campo de Santana (denominação mais antiga) ou Praça da República. Este último nome foi dado ao parque depois que, em 15 de novembro de 1889, o marechal Deodoro da Fonseca, um militar muito ligado ao imperialismo no Brasil, acabou saindo bem gripado da sua casa, em frente ao Campo de Santana, para, ali, proclamar a República Brasileira e, segundo conta a anedota, ter depois voltado ao leito, para se recuperar.

O prédio onde hoje funciona a Faculdade Nacional de Direito, vinculada posteriormente e até os dias atuais à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), abrigou o Senado Imperial desde a Independência do Brasil em 1822 e, depois da proclamação da República ainda abrigou o primeiro Senado Republicano, até que deu lugar, em 1920 à faculdade.

Na vizinhança da Faculdade, além da Praça da República, está o museu onde foi a casa do Marechal Deodoro, um prédio histórico sede do Arquivo Nacional e, um pouco mais longe, o Palácio Duque de Caxias (antigo prédio do Ministério do Exército) e a Central do Brasil (estação de trem histórica e ainda em funcionamento), onde há um prédio com um grande relógio no topo.